Ativista do Femen destrói estátua de Putin em museu de Paris

A figura do presidente russo estava na ala de líderes mundiais do museu de cera, ao lado do americano Barack Obama, o francês François Hollande, a alemã Angela Merkel e o rei espanhol Juan Carlos. A maioria dos golpes foi dada na cabeça da estátua. Depois de destruir a obra, a jovem – que estava parcialmente despida - foi levada pela polícia.

A direção do museu lamentou o incidente e anunciou que vai prestar queixa contra a militante. De acordo com o museu, essa foi a primeira vez que uma estátua foi danificada, embora outros precedentes “políticos” tenham antecedido o ataque a “Putin”.

Em 1979, a estátua de cera do dirigente comunista francês Georges Marchais foi roubada do museu por militantes da extrema-direita. A obra foi encontrada pichada em um jardim e com uma corda no pescoço.

Putin é aguardado para jantar com Hollande nesta quinta. Amanhã, os dois e vários outros chefes de Estado e de governo participam das comemorações dos 70 anos do desembarque das tropas aliadas na Normandia, durante a Segunda Guerra Mundial.
 

Via: portugues.rfi.fr


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~PM5hC$58c

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply