Ativista do Femen publicou texto em 2011 criticando protesto sem …

Texto no blog que teria sido escrito por Sara Winter (Foto: Reprodução)Texto no blog que teria sido escrito por Sara
Winter (Foto: Reprodução)

Um texto assinado por Sara Winter, a integrante da vertente brasileira do grupo feminista Femen, criticando a "Marcha das Vadias" circulou nas redes sociais e gerou protestos e comentários contrários ao grupo nesta quarta-feira (15). No texto, ela afirma que a marcha confunde "liberdade de expressão" com "promiscuidade".

A assessoria de imprensa do Femen no Brasil confirmou que o blog e o texto publicado são de Sara e que ela "mudou de opinião". Sara, por sua vez, não quis dar entrevista ao G1.

Sara assina um post publicado em 2011 do blog "Le Cult Rats".  No texto, a autora diz em sua página na internet: "Eu fico me perguntando aqui, por que diabos essas meninas não fizeram uma marcha normal, quero dizer, COM ROUPAS NORMAIS, reinvindicando o direito das mulheres [...] Mas é claro que é muito mais divertido tornar a coisa polêmica, usar a faceta da liberdade de expressão para andar seminua nas ruas e se enxer de um 'orgulho puta' (como diz um cartaz aí), daria pra fazer a mesma marcha com outro nome, com roupas e sem orgulho puta, mas aposto que não dariam tantas pessoas quanto na original". 

Sara Winter foi detida nesta quarta-feira, só de calcinha, em um protesto em frente ao consulado da Rússia no Morumbi. Também nesse blog, a autora se identifica como Sara Fernada Giromini, 20 anos, natural de São Carlos e de posição política "direita nacionalista". "Você, menina, mulher, não deixe se enganar, liberdade de expressão é uma coisa, promiscuidade é outra", finaliza em seu post.

A polêmica e as críticas levaram a ativista a publicar um texto na página do Femen Brasil no Facebook. No post da madrugada desta quinta-feira, ela diz: "pode dar uma olhada na data da postagem sobre a Marcha das Vadias de 2011 e pode ver a data da última postagem. Além de estar desatualizado, uma pessoa é capaz de mudar seu pensamento em menos de um ano, principalmente quando se passa por experiencia diretas que te fazem mudar as ideias. Ou alguém discorda? Mudei. Evolui. Alguém acha ruim que eu tenha evoluído meus pensamentos?"

 Integrantes brasileiras do Femen protestam em frente ao consulado russo em São Paulo. Três mulheres de calcinha pediram a liberdade de integrantes do grupo preso na Rússia. Elas jogaram água com tinta no muro do local, e acabaram sendo detidas. (Foto: Nathália Duarte/G1) Sara Winter, à frente, e integrantes brasileiras do Femen protestam em frente ao consulado russo em São Paulo, pela libertação de um grupo de punk russo (Foto: Nathália Duarte/G1)

Via: g1.globo.com


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~xpW5L$1T7

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply