Ativistas agredidas em manifestação em França (fotos e vídeo)

O casamento de pessoas do mesmo sexo está a gerar polémica em França.

Nos últimos dois dias têm decorrido em Paris manifestações a favor e contra o casamento gay. Na manhã de ontem uma manifestação terminou com cenas de pancadaria e um grupo de ativistas da Femen foi agredido.

«Uma dezena de militantes da associação Femen realizava um protesto pacífico vestidas de freiras e com frases humorísticas. Quando se aproximaram dos manifestantes [católicos da Civitas] estes começaram as agressões», revelou a jornalista Caroline Fourest à agência noticiosa AFP.

Nas cenas de pugilato foram ainda envolvidos fotógrafos e jornalistas, confirmou um repórter de imagem da AFP: «As raparigas levaram pancada no corpo todo. Sim, os fotógrafos também foram espancados.»

Imagens reveladas na Internet mostram as feministas a ser agredidas e um grupo de homens a persegui-las nas ruas, enquanto lhes tentam dar pontapés.

A organização Civitas realizava um protesto contra o casamento gay em Paris, quando uma outra ação de protesto, da Femen, se cruzou na mesma rua. Terão sido elementos da Civitas, conotada com os católicos integristas, que começaram os desacatos.

Em causa está um projeto de lei do governo que antevê a legalização do casamento homossexual civil. A ser aprovada, permite que os casais homossexuais passem a ter igualdade de direitos face aos heterossexuais, incluindo a possibilidade de adotar e direitos sucessórios.

A ministra dos Assuntos Sociais, Marisol Touraine, revelou que o executivo não vai abdicar da nova lei mas assumiu compreender que esta suscita opiniões contraditórias na sociedade.

Via: abola.pt


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~vgjlY$1su

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply