Ativistas do Femen e opositores perturbam visita de presidente …

PARIS — Três militantes do grupo Femen atrapalharam nesta sexta-feira a visita privada do presidente tunisiano, Moncef Marzouki, a Paris, onde foi recebido por dezenas de manifestantes que exigiam o nome dos assassinos do opositor Chokri Belaid.

Com os seios à mostra, três mulheres interromperam o início da conferência que o presidente da Tunísia deveria ministrar no Instituto do Mundo Árabe (IMA), em Paris.

"Estou muito surpreso com o formato (desta manifestação)", declarou o presidente da Tunísia depois da ação das ativistas do Femen, um movimento que surgiu na Ucrânia e que se espalhou por vários países.

"Amina Livre!", gritaram as três mulheres, referindo-se à jovem tunisiana de 19 anos que permanece escondida por medo de ser atacada por islamitas após a difusão de algumas fotos em que aparece sem camisa.

No lado externo do IMA, dezenas de tunisianos se reuniram contra o presidente que está em Paris em uma visita privada para apresentar o seu livro "A invenção da democracia".

"Quem matou Chokri Belaid?", perguntaram manifestantes, referindo-se ao assassinato do opositor na Tunísia em 6 de fevereiro.

Copyright © 2013 AFP. Todos os direitos reservados.
Mais »

Via: google.com


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~KIwUV$2c5

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply