Ativistas do Femen são presas por fazer topless em local de culto no …

Rabat, 2 jun (EFE).- A polícia marroquina deteve duas ativistas do movimento Femen que fizeram topless nesta terça-feira em um monumento da capital Rabat, em protesto pela situação dos homossexuais no Marrocos.
Segundo um comunicado da Direção Geral da Segurança Nacional (DGSN) enviado à agência marroquina “MAP”, as duas mulheres – de nacionalidade francesa e de 25 e 30 anos – foram detidas no aeroporto de Rabat-Salguei quando se preparavam para viajar à França.
As duas mulheres, que chegaram ao Marrocos ontem, passarão à disposição da Justiça após o fim da investigação, acrescenta o comunicado.
A nota indica que as mulheres se fotografaram “com o tronco do corpo desnudo neste lugar de culto e desfraldando um slogan que atenta contra a moral pública”.
Em vários vídeos e fotografias que circulam pelas redes sociais e sites de jornais, as duas mulheres aparecem se beijando diante da Torre Hassan, um dos principais monumentos da cidade e muito visitado pelos turistas.
As duas ativistas também escreveram em seus corpos a frase “In Gay we trust”, trocadilho que subverte o lema americano “In God we trust” (Confiamos em Deus).
As reações não demoraram em aparecer na imprensa local e jornais como o “360.ma” consideram que as ativistas se equivocaram de “direção e combate” ao escolher um lugar de culto muçulmano para realizar um espetáculo que pode ferir a sensibilidade de muitas pessoas. EFE

Agncia EFE

Via: ultimoinstante.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~rtGpP$67j

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply