Ativistas protestam contra Mundial de Hóquei

F
Sebastien Bozon/AFP

 

Ativistas do grupo feminista ucraniano Femen deixaram os seios à mostra para fazer um protesto em frente à Federação Internacional de Hóquei no Gelo, em Zurique, na Suíça. A intenção das mulheres é chamar a atenção para que a Copa do Mundo da modalidade – que será disputada em 2014 - não seja realizada em Belarus, país vizinho da Ucrânia que passa por situação política conturbada.

 

As ativistas levaram tacos de hóquei e vestiram capacetes e ombreiras que lembram as usadas por jogadores. Em referência a Alexander Lukashenko, presidente de Belarus desde 1994, elas ergueram placas com frases como “Não encorajem ditaduras", "Escravos não podem jogar hóquei" e "Lukashenko, vamos jogar em Haia". Por conta da situação de Belarus, o país já foi chamado de "a última ditadura verdadeira sobrevivente no coração da Europa" pela ex-secretária de Estado americana, Condoleezza Rice.

 

Esse não é o primeiro protesto que o Femen realiza. As ativistas também já apelaram à nudez, marca registrada do grupo, contra diversos assuntos, como opressão política, prostituição e machismo.

 

A
Sebastien Bozon/AFP

 

Via: band.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~aNy3E$Ua

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply