Ativistas seminuas voltam a protestar contra a Eurocopa na Ucrânia

O grupo ativista Femen voltou a protestar contra a realização da Eurocopa nesta quinta-feira. Duas mulheres apareceram seminuas como de costume no jardim da Independência, em Kyiv, capital da Ucrânia, vestindo indumentárias que sugeriam o formato do órgão genital masculino. A atitude foi tomada para mostrar o descontentamento desta ala feminista ucraniana com a disputa do torneio entre seleções europeias no país.

» Apostas, manipulações e subornos: relembre escândalos da Itália
» Vote na maior conquista amorosa de um jogador de futebol da Europa

As ativistas usaram suas fantasias para induzir atos sexuais nas figuras dos mascotes da competição, desenhadas em um dos jardins da praça. O protesto assustou a população que passava pelo local e trouxe a polícia rapidamente para a retirada das duas mulheres. No entanto, a recusa de ambas em sair de perto do símbolo da Eurocopa fez com que as autoridades utilizassem a força para levar a dupla sob custódia.

Além de se fantasiarem, as mulheres também picharam frases contra a organização do torneio no gramado da praça. O grupo Femen alega que a disputa do campeonato irá aumentar os índices de prostituição no país. Segundo as feministas, os torcedores de diversas nacionalidades que irão para a Ucrânia aumentarão a procura por prostitutas e bebidas alcoólicas durante o período da competição.

A Eurocopa terá início no dia 8 de junho e será realizada em conjunto com a Polônia. Os dois países receberão as seleções nos próximos dias e abrigarão a série de partidas que decidirá qual será a seleção europeia classificada para a Copa das Confederações de 2013, disputada no Brasil.

Via: esportes.terra.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~CXLvO$12Y

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply