Nuas na rua pelo parto humanizado

São Paulo - 
A ONG Femen, que organiza protestos pelo mundo com mulheres nuas, ontem tirou a roupa contra as determinações do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj) que proíbem parto residencial e a presença de doulas e parteiras em hospitais. O ato foi na Avenida Paulista, em São Paulo.

Ativistas do Femen protestam em São Paulo contra decisão do Cremerj | Foto: Folhapress

Duas ativistas fizeram topless em frente ao Masp e pintaram os corpos com palavras de ordem e tinta vermelha. Domingo que vem, tem manifestação no Rio de Janeiro. ONGs de defesa de gestantes marcam para as 14h, na Praia de Ipanema, no Posto 9.

Há uma semana, O DIA mostrou com exclusividade as duas resoluções do Cremerj que causaram polêmica em todo o país. O conselho sinalizou que o médico que fizer parto residencial será punido. Outra medida foi barrar parteiras e doulas em partos em hospitais.

Repetindo “Brasil, não siga o exemplo do Rio!” e “Nossas crianças, nossas decisões!”, Sara e Bruna Themis, 21 anos, chegaram por volta das 13h30. Primeiro, deitaram com bonecos entre as pernas. Depois, subiram num alambrado e gritaram as palavras de ordem. No fim do ato, dez minutos depois, Sara ainda bateu boca com um pedestre que perguntou se o “strip-tease tinha acabado”. Foi o único incidente do ato, ao contrário das demais intervenções do Femen no exterior, que sempre acabam em pancadaria com a polícia.

Via: odia.ig.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~ToFFg$1Ng

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply