Tag Archives: notícia

Femen protesta no Vaticano contra visita do papa a Estrasburgo

Cidade do Vaticano, 14 nov (EFE). – Ativistas do grupo feminista Femen protestaram nesta sexta-feira na Praça de São Pedro, no Vaticano, contra a visita que o papa Francisco fará no próximo dia 25 ao Parlamento Europeu em Estrasburgo, na França. As manifestantes mostraram rejeição a esta viagem com gritos e deixando os seios à mostra. Na pele elas escreveram, em inglês, “o papa não é um político”, informou a imprensa italiana. As mulheres usavam flores na cabeça e levavam uma cruz de madeira na mão. Depois de alguns minutos, as ativistas foram detidas por policiais, que as >>>

Três feministas protestam no Vaticano contra visita do Papa a … – Diário de Notícias

As militantes do grupo Femen, que rapidamente foram detidas pela polícia, protestaram esta sexta-feira em plena Praça de São Pedro, no Vaticano, para denunciar a visita do Papa como um "ataque à secularização na Europa"."O Papa não é um político" podia ler-se nos seus peitos, enquanto nas costas as ativistas tinham escrito: "Mantenham-no cá dentro".No dia 25, o Papa Francisco vai a Estrasburgo numa visita oficial ao Parlamento Europeu, a segunda de um chefe da igreja católica àquela instituição europeia, depois de João Paulo II. >>>

Femen despem-se no Vaticano

Vistos gold provocam as primeiras demissões Secretária-geral do ministério do Ambiente foi a primeira a demitir-se. Ontem foram feitas buscas no seu gabinete, no âmbito da investigação por suspeitas de crimes de corrupção, tráfico de influências, peculato e branqueamento de capitais. Onze pessoas foram detidas, entre as quais a secretária-geral do ministério da Justiça, que também pediu a demissão esta sexta-feira >>>

Depois de Cameron, foi a vez de Hollande ser abordado na rua

Um dia depois de o primeiro-ministro britânico, David Cameron, ter sido “abalroado” por um homem que estava alegadamente a fazer “jogging”, foi a vez de o Presidente francês, François Hollande, ser abordado na rua, durante uma visita a Paris, por duas ativistas feministas do movimento Femen, que conseguiram furar as barreiras de segurança. As duas jovens, que se apresentavam, como é hábito, de seios desnudos, questionaram o chefe de Estado sobre a condenação de duas ativistas do Femen por “exibicionismo”. “É porque somos doentes mentais ou feministas?”, questionou >>>

Trinta Femen se manifestam em frente ao palácio de Justiça de Paris

Imprimir Envie este artigo 26. Outubro 2014 - 19:21 Trinta mulheres do grupo feminista Femen se manifestaram, neste domingo, com os seios nus no palácio de Justiça de Paris para protestar contra as ações judiciais contra duas delas por exibicionismo, constatou a AFP. Ao grito de "Feministas, não exibicionistas" e "Não criminosas", as Femen exibiram cartazes com o lema "Naked and free" (Nuas e livres) ou "Meu corpo não é obsceno". Algumas se prenderam com correntes às grades do palácio >>>

Trinta Femen se manifestam em frente ao palácio de Justiça de Paris

Trinta mulheres do grupo feminista Femen se manifestaram, neste domingo, com os seios nus no palácio de Justiça de Paris para protestar contra as ações judiciais contra duas delas por exibicionismo, constatou a AFP.Ao grito de "Feministas, não exibicionistas" e "Não criminosas", as Femen exibiram cartazes com o lema "Naked and free" (Nuas e livres) ou "Meu corpo não é obsceno". Algumas se prenderam com correntes às grades do palácio da Justiça, que os serviços de segurança tinham fechado previamente.Diante dos olhares de dezenas de turistas, as forças de ordem finalmente prenderam >>>

Ativistas do Femen protestam em Milão contra papel de Putin no …

centroGrandeAFPMARCO BERTORELLOAtivistas do Femen protestam em frente à Catedral de Milão MILÃO - Duas ativistas ucranianas do Femen protestaram no centro de Milão contra o papel do presidente russo, Vladimir Putin, no conflito ucraniano. Putin participa nesta quinta-feira de uma reunião de cúpula em Milão, com a presença dezenas de representantes de países europeus e asiáticos, incluindo a Rússia. - Acabe com o derramamento de sangue - pediram as militantes feministas antes de jogarem vinho tinto sobre seus corpos. A performance foi realizada na praça em frente à Catedral de Milão. - >>>

Internacional – Militantes do Femen protestam contra presença de …

Duas militantes do Femen fizeram uma ação contra Vladimir Putin em frente à famosa catedral Duomo, no centro de Milão.facebook/FEMEN.International.Official   (RFI) – Duas militantes ucranianas do grupo feminista Femen protestaram nesta quinta-feira (16), em Milão, contra a intervenção da Rússia na Ucrânia. O presidente russo, Vladimir Putin, está na cidade italiana para uma reunião de cúpula com líderes de 50 países europeus e asiáticos.     As duas militantes do Femen fizeram uma ação, com os seios à mostra, símbolo do grupo, na frente da famosa catedral Duomo, no centro >>>

Militantes do Femen protestam contra presença de Putin em Milão

As duas militantes do Femen fizeram uma ação, com os seios à mostra, símbolo do grupo, na frente da famosa catedral Duomo, no centro de Milão. Elas lançaram vinho tinto no corpo pedindo o fim do banho de sangue na Ucrânia. "Nós achamos que receber um assassino, uma pessoa que está matando uma nação inteira. Apertar sua mão é ignorar a tortura, os assassinatos e a guerra na Ucrânia promovida por Putin", disse Inna Shevchenko, líder do movimento feminista ucraniano, aos jornalistas presentes. Putin tem encontro, amanhã, com o presidente ucraniano, Petro Porochenko, à margem >>>

Ativista é multada por ‘vandalismo exibicionista’ contra escultura de …

Uma ativista ucraniana do grupo feminista Femen foi condenada nesta quarta-feira (15) por uma corte de Paris pela acusação de exibicionismo, após ter atacado uma estátua do presidente russo, Vladimir Putin, em um museu de cera da capital francesa.Iana Zhdanova, com "Kill Putin" (Mate Putin, em tradução livre) escrito sobre o torso nu, atacou a réplica de Putin no Museu Grevin com uma estaca de madeira, em junho. A ativista, que mora na França há dois anos com o status de refugiada política, riu no tribunal depois que o juiz >>>