Três ativistas Femen condenadas a quatro meses de prisão

As três ativistas europeias do grupo feminista Femen, que tinham sido detidas em Tunes no dia 29 de maio, foram condenadas a quatro meses de prisão por atentado ao pudor e aos bons costumes e incitação à libertinagem, confirmou esta quarta-feira o advogado de defesa tunisino Suhair Bahri.

«Esperava que fossem libertadas, mas, infelizmente, vão continuar na prisão», disse Bahri, acrescentando que vai recorrer da sentença para evitar que as francesas Pauline Hilier e Marguetite Stern, de 27 e 23 anos, respetivamente, e a alemã Josephine Markmann, de 19 anos, cumpram a sentença até ao fim.

As mulheres foram detidas por protestarem em topless frente ao Palácio da Justiça, pedindo a libertação da feminista tunisina Amina Esbui, que se encontra em prisão preventiva desde 19 de maio.

A defesa assegurou que os corpos das jovens «não foram utilizadas como um objeto de exibição para seduzir, mas sim como uma mensagem política», mas não adiantou, uma vez que as feministas, de acordo com o artigo 226 do Código Penal da Tunísia, podiam ter sido sentenciadas a uma pena de prisão máxima de um ano.

Via: abola.pt


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~kSKKf$37i

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply