Tunísia condena ativistas do Femen a quatro meses de prisão

TÚNIS - A Justiça da Tunísia condenou nesta quarta-feira três ativistas estrangeiras do Femen que realizaram um protesto pela libertação da jovem Amina Sboui, uma tunisiana integrante do grupo presa por divulgar uma foto seminua e participar de protestos. A corte não especificou quais foram as acusações contra as jovens, mas especialistas afirmam que devem incluir indecência pública, ofensas à moral e perturbação da ordem pública.

As jovens, duas francesas e uma alemã, terão que cumprir uma pena de quatro meses de prisão. Elas foram presas no dia 29 de maio após realizarem uma manifestação em frente ao Palácio da Justiça da Tunísia. Em audiência, elas argumentaram que o protesto não teve apelo sexual ou ofensivo e que apenas quiseram demonstrar apoio a colega Amina.

Apesar da condenação, a líder do grupo e alemã, Inna Shevchenko, disse à agência AFP que seu grupo realizará novos protestos na Tunísia.

- Essa é uma decisão política e ditatorial da Tunísia, que considera que é mais fácil prender jovens do que reconhecer que elas tem o direito sobre seus corpos - afirmou. - Estamos indignadas com a decisão e vamos realizar mais protestos no país - assegurou.

Via: br.noticias.yahoo.com


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~58Hng$3Cc

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply