Detida » Ativista ucraniana do movimento Femen é expulsa da Tunísia

Uma ativista ucraniana do movimento Femen foi detida pela polícia em Túnis e expulsa do país nesta terça-feira, na véspera do processo de outras três militantes, disse à AFP Inna Shevchenko, líder do grupo feminista.

"Vários homens entraram no quarto de hotel dela e lhe ordenaram que guardasse suas coisas. Ela foi levada para uma delegacia, onde foi interrogada sobre suas intenções e, especialmente, se pretendia fazer uma ação de topless", disse Shevchenko em uma entrevista por telefone, de Paris.

"Depois, ela foi expulsa e agora está em um avião rumo a Kyiv. Seu passaporte foi entregue ao piloto (da aeronave)", acrescentou.

O Ministério tunisiano do Interior não deu declarações sobre episódio.

Segundo o Femen, a jovem se chama Alexandra Shevchenko (sem parentesco com Inna Shevchenko) "e não tinha viajado para participar de uma ação, mas para apoiar suas colegas durante o processo que começa na quarta".

"Os serviços especiais souberam que uma Femen estava na cidade e ficaram com medo. A Tunísia mostra sua verdadeira cara ditatorial", criticou Inna.

Três militantes do Femen - duas francesas e uma alemã - serão julgadas a partir de quarta por realizarem um protesto com os seios expostos, na capital tunisiana, em apoio à ativista local Amina Sbui. A jovem, de 18 anos, está detida desde 19 de maio.

Amina foi presa por escrever "Femen" em um muro próximo a um cemitério muçulmano e corre o risco de ser condenada a dois anos de prisão por profanação de sepultura.

Via: diariodepernambuco.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~6VTYM$30z

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply