Duas ativistas da Femen detidas na Crimeia

Duas ativistas do grupo feminista Femen foram detidas hoje na capital da Crimeia, Simferopol, depois de um protesto em frente do parlamento regional contra a interveno da Rssia na Ucrnia.

Segundo a agência France Presse, uma das mulheres foi agarrada pela polícia segundos depois de despir a camisola, mas a outra correu pela praça a gritar repetidamente "Parem a guerra de Putin", frase que também tinha escrita no peito.

A segunda ativista acabou por também ser detida e as duas foram levadas numa carrinha pela polícia, à passagem da qual algumas pessoas que assistiram ao protesto gritaram "Prostitutas!" e "Vergonha!".

As nacionalidades das duas mulheres não foram divulgadas até ao momento.

O movimento Femen foi criado na Ucrânia e tornou-se conhecido por ações mediáticas em que as ativistas aparecem de tronco nu. Atualmente, o grupo não tem qualquer representação na Ucrânia, tendo aberto um centro em Paris.

A Crimeia, república autónoma no sul da Ucrânia, está sob controlo de forças pró-russas que, hoje, aprovaram um pedido ao Presidente russo, Vladimir Putin, para uma união com a Rússia e convocaram um referendo para 16 de março sobre a eventual secessão.

As autoridades locais não reconhecem o novo Governo de Kyiv, saído de um acordo entre a oposição e o presidente Viktor Ianukovich para pôr fim à crise política desencadeada em novembro pela decisão de suspender a aproximação à Europa e reforçar os laços com a Rússia.

TAGS:Paris,

Via: rtp.pt


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~FIKx8$4vJ

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply