Mobilizações feministas ganharam notoriedade nos últimos meses … – Jornal Cidade

Vivian Guilherme

Os protestos de caráter feminista que têm acontecido em todo mundo nos últimos meses chegam a Araras neste sábado (08), com uma grande manifestação partindo do Calçadão da cidade, às 9 horas.

Criada em abril de 2011, a Marcha das Vadias surgiu no Canadá, e desde então se internacionalizou, chegando ao Brasil em junho do ano passado. Com protestos voltados contra a crença de que as mulheres são vítimas de estupro por suas vestimentas, outros tipos de protesto semelhantes também ganharam notoriedade nos últimos meses, como o Femen.

O Femen é um grupo ucraniano de protesto, fundado em 2008, que se tornou notório por protestar em topless contra temas como o turismo sexual, o sexismo e outros males sociais. Algumas ações do Femen já aconteceram no Brasil, lideradas por uma jovem de São Carlos.

Na mídia, as ações ganharam notoriedade após a prisão da banda russa Pussy Riot, que foi detida após tocar uma música contra o presidente Vladimir Putin, na Catedral de Cristo Salvador, de Moscou. Artistas e imprensa se manifestaram a favor da banda.

Em sua maioria liderados por jovens de 17 a 25 anos, esses protestos diferem dos motivos que suscitaram a revolta feminista ainda no século XIX, que trazia mulheres mais velhas lutando pelo direito ao voto, condições melhores de trabalho e igualdade de direitos legais e sociais.

Os protestos recentes enfocam uma revolta contra a mídia e a forma de exploração sexual do corpo feminino. Ideias que ganharam coro no início dos anos 90 e ecoaram no início dos anos 2000 com o movimento Riot Grrrl, que teve repercussão em Rio Claro com os fanzines Pullae Dominant e Abduzidas, além de coletivos feministas e eventos de valorização da mulher.

Este ano, Rio Claro também marca presença na mobilização de Araras através do coletivo Maria Maria. Recém-criado, o grupo é liderado por Maria Rita Leonardo, de 17 anos. “Na verdade a ideia inicial era fazer uma marcha em Rio Claro, mas o problema é que a cidade é extremamente conservadora, e muita gente nem tem ideia do que é a marcha ou a importância feminista, então estamos planejando primeiro buscar conscientizar as pessoas, com cartazes nas ruas, pela mídia social e deixar a marcha ser uma consequência disso tudo”, revela.

A marcha de Araras seguirá pela Rua Coronel André Ulson Jr. até a esquina do Banco Itaú, descendo pela Av. Senador Lacerda Franco e retornando ao calçadão pela Julio Mesquita. Mais informações sobre a manifestação, contato pelo telefone (19) 9752-8012.

Esta é uma reprodução da notícia publicada na edição impressa do Jornal Cidade

Via: jornalcidade.uol.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~fytwV$1bX

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply