Mulher que atacou Patriarca Kirill na Ucrânia é condenada

0 Comentários

  • Compartilhar
  • Yana Zhdanova, integrante do grupo feminista ucraniano Femen, composto por mulheres que exibem os seios em manifestações públicas de protestos, foi condenada na quinta-feira, 26, por um tribunal de Kyiv a quinze dias de prisão administrativa. Ela foi presa no aeroporto de Borispol quando se aproximou do Patriarca Kirill, líder da Igreja Ortodoxa Russa, que estava iniciando visita à Ucrânia.

    Yana teve acesso à pista do aeroporto e se aproximou de Kirill com a parte superior do corpo totalmente exposta e gritando palavras de protestos. Ela foi detida pelos agentes de segurança que a entregaram a uma patrulha policial. Levada para a delegacia, a feminista foi posteriormente conduzida a um tribunal de Kyiv que determinou sua prisão administrativa por quinze dias.

    Via: diariodarussia.com.br


    Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~J5ntH$1M8