Rússia: ativistas de movimento feminista fazem protesto inusitado …

Integrantes do Femen - grupo ativista da Ucrânia - se uniram aos protestos dos opositores contra o resultado das eleições do último domingo na Rússia, que deram a maioria absoluta da Câmara Baixa do Parlamento ao partido de Vladimir Putin. Eles acusam o governo de fraudar as eleições. Mais de 300 pessoas foram presas após manifestações.

Seminuas, elas gritavam palavras de protesto, exibiam faixas e acabaram entrando em conflito com policiais em frente Catedral Cristo é o Salvador, em Moscou. 

O primeiro-ministro russo Vladimir Putin declarou que a oposição tem o direito de expressar suas opiniões, inclusive com manifestações, mas acusou o governo dos Estados Unidos de estimular os protestos e advertiu que não tolerará excessos fora da legalidade.

Em seu primeiro comentário em público sobre as manifestações quase diárias de protesto contra as eleições de domingo, por suposta fraude e imparcialidade, Putin disse que a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, "deu o sinal" para os opositores do governo. "Ela deu o tom para alguns ativistas da oposição, deu o sinal a eles, eles ouviram esse sinal e iniciaram sua atividade", disse Putin.

Os Estados Unidos expressaram séria preocupação sobre o modo como se deu a eleição russa, que Hillary insinuou não ter sido livre nem justa.

Via: jb.com.br


Short link: [Facebook] [Twitter] [Email] Copy - http://whoel.se/~1g8FB$FT

This entry was posted in PT and tagged on by .

About FEMEN

The mission of the "FEMEN" movement is to create the most favourable conditions for the young women to join up into a social group with the general idea of the mutual support and social responsibility, helping to reveal the talents of each member of the movement.

Leave a Reply