Category Archives: PT

Femen: polonesas pedem libertação de ativista

Integrantes polonesas do grupo Femen protestaram neste domingo, em frente à embaixada da Tunísia no país, em Varsóvia, pela libertação de uma das ativistas do movimento. Amina Sboui foi detida em maio deste ano.   Como acontece na maioria das manifestações do Femen, as ativistas pintaram seus corpos com mensagens de efeito. Elas também seguraram um grande cartaz, pedindo a libertação de Amina.   Amina Sboui, de 18 anos, foi detida por pintar "Femen" no muro de um cemitério muçulmano, em um protesto contra islamitas radicais salafistas. Ela pode ser condenada a dois anos de prisão >>>

Seminuas, manifestantes do Femen protestam em mesquita na Suécia

Três militantes do grupo feminista Femen protestaram neste sábado com os seios nus em uma mesquita de Estocolmo, na Suécia, contra a sharia no Egito e no mundo, antes de serem detidas pela polícia. Curta a fanpage do Araruna Online no Facebook e receba as últimas notícias As três mulheres entraram na mesquita e retiraram as capas que vestiam, deixando os seios descobertos, nos quais estavam escritas as frases "Meu corpo me pertence, não é em honra de ninguém" e "Não à sharia no Egito e no mundo". A polícia não confirmou a identidade ou a nacionalidade das manifestantes, que >>>

Páginas do Femen no Facebook são deletadas

O grupo feminista Femen denunciou que teve diversas páginas no Facebook encerradas involuntariamente nesta terça-feira, por conteúdo que "apresentava pornografia e promovia a prostituição". "Informamos ao público o fechamento das nossas principais páginas do Facebook, que eram seguidas por aproximadamente 170 mil pessoas. Esse fato é a continuação da guerra na internet contra o Femen, feita por vários grupos reacionários - de ditaduras nazistas até fundamentalistas islâmicos", diz nota oficial publicada no Twitter. Com protestos caracterizados pela nudez, manifestantes foram presas >>>

Páginas do Femen são deletadas por ‘pornografia’. Grupo protesta

27/06/2013 21h03Páginas do Femen são deletadas por 'pornografia'. Grupo protestaRedação SRZD O grupo feminista Femen denunciou que teve diversas páginas no Facebook encerradas involuntariamente nesta terça-feira, por conteúdo que "apresentava pornografia e promovia a prostituição". "Informamos ao público o fechamento das nossas principais páginas do Facebook, que eram seguidas por aproximadamente 170 mil pessoas. Esse fato é a continuação da guerra na internet contra o Femen, feita por vários grupos reacionários - de ditaduras nazistas até fundamentalistas islâmicos", diz nota >>>

Topless » Ativistas do Femen detidas na Tunísia são libertadas

Três ativistas do Femen, detidas na Tunísia por protesto com topless, foram libertadas na noite de quarta-feira. As mulheres foram presas em Túnez em 29 de maio por ação em apoio a Amina Sboui, uma militante tunisiana do grupo da Ucrânia, que está detida desde meados de maio. O trio - duas francesas e uma alemã - deixou a capital tunisiana e voou para Paris.As militantes foram condenadas em apelação a uma pena com liberdade condicional. Em primeira instância, elas tinham sido condenadas a quatro meses e um dia de prisão por atentado aos bons costumes e ao pudor.Durante o julgamento, >>>

Tunísia liberta ativistas da Femen

As três jovens foram detidas por protestarem de peito descoberto frente ao Palácio da Justiça para pedir a libertação da feminista tunisina Amina Esbui, que se encontra em prisão preventiva desde 19 de maio. Desde essa altura, que vários do Femen e de outros grupos protestaram contra a detenção de três ativistas tunísiasAmina ganhou fama em março passado depois de uma foto em que aparecia nua para criticar a moral conservadora do país ter sido divulgada na internet.A sua ação provocou um mal-estar junto das autoridades que através do Ministério dos Assuntos Religiosos mostraram >>>

Tunísia liberta ativistas da Femen

As trs jovens foram detidas por protestarem de peito descoberto frente ao Palcio da Justia para pedir a libertao da feminista tunisina Amina Esbui, que se encontra em priso preventiva desde 19 de maio. Desde essa altura, que vrios do Femen e de outros grupos protestaram contra a deteno de trs ativistas tunsiasAmina ganhou fama em maro passado depois de uma foto em que aparecia nua para criticar a moral conservadora do pas ter sido divulgada na internet.A sua ao provocou um mal-estar junto das autoridades que atravs do Ministrio dos Assuntos Religiosos mostraram a sua condenao pelo que qualificaram >>>

Três ativistas do movimento Femen libertadas na Tunísia

"Sim! Ganhámos! A decisão ilegal da justiça tunisina está anulada. As ativistas da FEMEN Marguerite, Pauline e Josephine estão finalmente livres! A nossa determinação fez refletir os islamitas, os nossos seios foram mais fortes do que as suas pedras", lê-se na página digital.  A organização observou, no entanto, que "ainda é cedo para parar" porque a ativista tunisina Amina continua na prisão. "Só a nossa pressão sobre as autoridades tunisinas poderá libertá-la", acrescenta a informação.  Suhaib Bahri, advogado das ativistas, tinha assegurado horas antes que o juiz do tribunal >>>

Ativistas do Femen detidas na Tunísia são libertadas

TÚNEZ - Três ativistas do Femen, detidas na Tunísia por protesto com topless, foram libertadas na noite de quarta-feira. As mulheres foram presas em Túnez em 29 de maio por ação em apoio a Amina Sboui, uma militante tunisiana do grupo da Ucrânia, que está na prisão desde meados de maio. Elas deixaram a capital tunisiana e voaram para Paris. O trio, duas francesas e uma alemã, alegaram durante o julgamento que não havia nada de sexual ou ofensivo no ato e que era apenas para apoiar a colega tunisiana. As três mulheres tinha sido condenadas e sentenciadas a quatro meses e um dia de prisão >>>

Liberdade » Três militantes do Femen deixam prisão na Tunísia

As três militantes europeias do Femen detidas na Tunísia foram condenadas nesta quarta-feira em apelação a uma pena com liberdade condicional e serão libertadas nas próximas horas, indicou à AFP seu advogado tunisiano Souhaib Bahri. Foto: Fethi Belaid/AFP Photo/ArquivoAs três militantes europeias do grupo feminista Femen que estavam detidas na Tunísia foram soltas sob liberdade condicional nesta quarta-feira, deixando a prisão pouco antes da meia-noite, segundo um jornalista da AFP no local.As três militantes deixaram a prisão feminina de Manouba pouco antes das 22h00 GMT (19h00 de >>>